Em meio aos crescentes encargos sociais e custos com segurança nacional, o governo do Japão elaborou um orçamento recorde para o ano fiscal de 2015.

O orçamento será de 96,342 trilhões de ienes, acima dos 95,880 trilhões previstos para serem gastos no ano fiscal de 2014. O projeto será enviado ao Parlamento, que terá 150 dias para aprová-lo.

Excluindo-se o serviço da dívida, o governo terá 72,891 trilhões de ienes para gastar no ano fiscal de 2015. No ano fiscal de 2014, que se encerra em março, o orçamento é de 72,612 trilhões.

Para se chegar a esse valor de orçamento, o governo japonês anunciou cortes na emissão de dívida e projetou lucros maiores das empresas japonesas, que podem se beneficiar da subida do dólar ante o iene. Além disso, o orçamento recorde se baseia na previsão oficial de avanço de 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano fiscal que começa em 1.º de abril. Fonte: Market News International.