Analistas e economistas do mercado financeiro elevaram a projeção para a inflação neste ano, que deve ficar bem acima da meta ajustada de 8,5% fixada pelo governo há cerca de 20 dias. Segundo pesquisa semanal feita pelo Banco Central com as instituições financeiras, a expectativa agora é de que o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) feche 2003 em 11,99%, contra os 11,84% previstos na semana anterior.

O boletim também destaca que subiram as expectativas com relação ao IPCA para o mês de fevereiro, de 1,20% para 1,27%. Para o mês de março, os analistas estão prevendo um IPCA de 0,75%, contra os 0,70% projetados anteriormente.

Para 2004, foram mantidas as projeções de IPCA de 8%.

Para a balança comercial, mais uma vez foi elevada a estimativa de superávit de US$ 15,5 bilhões para US$ 15,9 bilhões, em 2003, e mantida em US$ 16 bilhões a previsão para 2004. A projeção para investimentos estrangeiros diretos não foi alterada e continua a expectativa de ingressos de US$ 13 bilhões neste ano e de US$ 15 bilhões em 2004.

A expectativa com relação à taxa de câmbio ao final de 2003 permaneceu praticamente estável, passando de R$ 3,64 para R$ 3,65. A taxa média de câmbio projetada para o ano é de R$ 3,51.