Um tribunal sul-coreano rejeitou hoje pedidos de indenização feitos por duas companhias locais de softwares contra a Microsoft. No processo contra a gigante americana, as empresas Digito.com e Sanview Technology Inc. alegavam que a inclusão do MSN e dos programas Media Services no sistema operacional Windows causou prejuízos financeiros a ambas.

Na decisão, o juiz declarou que a Microsoft não deveria ser considerada culpada pelas perdas das companhias. Disse que a Sanview carecia de competitividade e que a Digito.com não apresentou evidências de que a Microsoft foi responsável por seu fiasco.