Sair a campo e consolidar a Rede Paranaense de Metrologia e Ensaios como um instrumento que dê visibilidade aos parceiros de negócios são as principais metas de gestão do novo diretor superintendente da entidade, o engenheiro Celso Romero Kloss. “Estamos finalizando a estruturação interna proposta pela gestão anterior e vamos partir para ações concretas ligadas à missão da Rede, que é difundir a cultura metrológica, de forma que possa beneficiar o maior número de pessoas, e ampliar as parcerias com empresas e laboratórios”, afirma.

A Rede Paranaense de Metrologia e Ensaios (Paraná Metrologia) é uma organização não governamental que congrega diversas entidades de ensino, pesquisa, tecnologia e laboratórios de maneira associativa, visando promover a infra-estrutura tecnológica e de apoio às empresas instaladas no Paraná. Entre os associados destacam-se a PUC/PR, Sebrae/PR, Ipem, Tecpar, Lactec, Cefet/PR, e o Sistema Fiep.

Kloss lembra que a Rede atua como articuladora entre empresas e associados, aproximando ofertantes e demandantes de serviços tecnológicos nas áreas de metrologia, que engloba as atividades de calibração e ensaios. Desta forma, ressalta, contribui de maneira definitiva para a qualificação e agregação de valor ao autêntico produto paranaense, a fim de permitir seu enquadramento nos padrões nacionais e internacionais, capacitando-os a enfrentar a competitividade nos mercados globais.

Além disso, o novo diretor da Paraná Metrologia quer, em sua gestão, “decodificar essa linguagem árida da tecnologia e colocar a cultura metrológica no dia-a-dia das pessoas”. De um modo geral, diz ele, a sociedade não tem conhecimento sobre a importância da metrologia no seu cotidiano. Se as pessoas compreenderem que qualquer produto ou serviço que adquiram devem atender a padrões e normas, e que a verificação metrológica é uma das ferramentas disponíveis para garantir seu direito como consumidor, elas poderão impulsionar essa cultura junto às empresas e prestadoras de serviços, conclui.