São Paulo

(AE) – A Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi) lançou ontem um cadastro positivo de clientes de bancos e financeiras. Chamado de Acrefi Positivo, o produto é uma parceria com a Serasa – Centralização dos Serviços dos Bancos. O cadastro tem por objetivo aperfeiçoar a análise de concessão de crédito nas instituições financeiras, identificando o histórico dos clientes que pagam suas contas em dia.

O presidente da Acrefi, Ricardo Malcon, destaca que, por meio do histórico dos clientes bons pagadores, os bancos e financeiras terão uma ferramenta para diminuir o nível de inadimplência nas suas carteiras de crédito. “Os bons pagadores poderão negociar uma redução nas taxas de juros do crédito pessoal. Já as financeiras vão utilizar o produto para baixar o nível de inadimplência e correr menos risco de levar calote”, afirma.

Para Malcon, o Acrefi Positivo poderá aumentar o número de concessões de crédito para os clientes que pagam suas contas em dia. “O cliente que tem um bom histórico vai poder negociar taxas de juros menores do que os clientes que estão com restrições de crédito. Atualmente, o bom pagador paga juros altos, devido ao alto índice de inadimplência”, avalia o presidente da Acrefi. As informações do produto referem-se à pontualidade nos pagamentos e histórico de endividamento dos clientes.

A estimativa da Acrefi é de que 65% dos bancos que realizam operações de crédito direto ao consumidor vão utilizar o produto para analisar o perfil de seus clientes.