A Letônia vai se juntar à zona do euro no próximo ano, em um momento no qual o bloco estará preparado para sair da crise de dívida, afirmou nesta quinta-feira o vice-presidente da Comissão Europeia, Olli Rehn.

Rehn afirmou que a zona do euro está exibindo sinais de uma recuperação, apesar de ainda haver “riscos significativos” provocados pela instabilidade política em algumas partes do bloco e pela lentidão na implementação de reformas estruturais necessárias.

“Estamos vendo os primeiros sinais de que a economia europeia pode estar se recuperando. Estou confiante de que, se os governos continuarem com reformas e compromissos, teremos uma recuperação sustentada no próximo ano”, afirmou.

Rehn também disse que a entrada da Letônia na zona do euro “destaca a vitalidade da união monetária”. O país deve se juntar ao bloco como seu 18º membro em janeiro de 2014. Fonte: Market News International.