Depois de automóveis, agora são os televisores. Pela primeira vez no País, um fabricante de TV faz recall: os aparelhos com problema são os de tela de cristal líquido (LCD) da coreana LG. A empresa assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro no qual se compromete a reparar os televisores de modelos específicos da marca que apresentarem problemas no capacitor.

De acordo com a empresa, o recall pode envolver 66.103 aparelhos fabricados dois anos atrás. São dois lotes de produtos. O primeiro lote é de aparelhos de 32 polegadas dos modelos 32LB9RTB e 32LB9RTA, com números de série de 712AZ a 811AZ. O outro modelo é de 42 polegadas sob o número 42LB9RTA, das séries 802AZ, 804AZ, 806AZ e 808AZ. O reparo será feito apenas se o aparelho apresentar defeito.

O problema está numa peça chamada capacitor que, na prática, funciona como uma espécie de fusível que regula a entrada da energia no televisor, evitando picos de corrente elétrica que podem danificá-lo. No documento assinado, a LG se comprometeu, por tempo indeterminado, a reparar o equipamento. Nos casos em que o aparelho já sofreu o dano e o consumidor providenciou o conserto, a fabricante informa que vai ressarcir tanto o custo da mão de obra quanto o das peças que foram substituídas.

Quando se deparar com o problema, o proprietário deve entrar em contato com um número de telefone especial (0800 726 8160), das 8 às 20 horas, de segunda a sábado, para agendar uma visita técnica, que deve ocorrer em até 24 horas após o chamado. Depois de comprovada a falha pelo técnico autorizado, a companhia tem 48 horas para reparar o equipamento.