O governo pretende levar a leilão em meados do ano que vem o projeto da linha de transmissão que vai escoar a energia a ser produzida pelas usinas do Rio Madeira – Santo Antonio e Jirau. Segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), que está desenvolvendo os estudos técnicos da linha, a previsão é de licitar a linha de transmissão por volta de junho do ano que vem cerca de oito meses depois que for realizado o leilão da usina de Santo Antonio. Com isso, a construção da linha poderia começar entre o fim de 2008 e o início de 2009.

Listada no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a linha de transmissão do Madeira terá cerca de 2.500 quilômetros de extensão e ligará as duas usinas a Porto Velho (RO) e a Araraquara, no interior de São Paulo.

O valor do investimento a ser realizado por quem adquirir a concessão para construir a linha é avaliado preliminarmente, dentro da EPE, em cerca de R$ 9 bilhões. A linha de transmissão terá de estar pronta em 2012, que é quando o governo imagina que Santo Antonio já estará começando a gerar.