Brasília – A Caixa Econômica Federal conseguiu ontem suspender a decisão da juíza da 6.ª Vara Federal de Porto Alegre, Ana Inês Algorta Latorre, que tinha determinado na semana passada a suspensão dos serviços de depósitos e saques em conta corrente prestados pelas casas lotéricas. Estes serviços não tinham chegado a sofrer interrupção porque, oficialmente, a Caixa não tinha sido notificada da decisão da justiça.

Antes mesmo que a notificação chegasse, a Caixa recorreu da liminar da juíza no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (Porto Alegre). O desembargador federal Valdemar Capeletti considerou os argumentos da instituição e suspendeu a decisão da juíza de primeira instância.

Com a decisão, todos os serviços prestados pelas casas lotéricas à população continuam sendo desempenhados normalmente, inclusive os depósitos e saques em conta corrente e os pagamentos dos benefícios sociais do governo.

Além desses serviços, nas casas lotéricas a população pode fazer os pagamentos de água, luz e telefone. Muitos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) também recebem seus benefícios na rede de loterias que ainda pagam, por determinação da Caixa Econômica Federal, o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS).