São Paulo

– A Petrobras Controladora contabilizou lucro líquido consolidado de R$ 9,804 bilhões em 2002 ante lucro de R$ 10,294 bilhões em 2001. Em todo o ano passado, a estatal, sua subsidiária e controlada tiveram um lucro consolidado de R$ 8,098 bilhões, contra R$ 9,867 bilhões em 2001. A receita operacional líquida da estatal em 2002 foi de R$ 69,176 bilhões, contra R$ 57,512 bilhões em 2001.

A diferença entre os dois resultados aponta para um crescimento de 20% entre os dois exercícios. O geração de caixa da estatal atingiu R$ 18,283 bilhões em 2002, resultado 6% superior em relação ao alcançado em 2001, de R$ 17,250 bilhões.  O lucro operacional da estatal ficou em R$ 13,485 bilhões, 2% abaixo do registrado em 2001, de R$ 13,8 bilhões.