Foi eleito hoje o novo presidente do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), que será Luigi Nese, para o biênio 2009/2010. Nese é presidente da recém-criada Confederação Nacional de Serviços (CNS) e foi eleito pela maioria do conselho após a retirada das quatro confederações empresariais (CNI, CNA, CNC e Consif). Abstiveram-se da votação os representantes dos ministérios da Previdência Social e da Agricultura.

Ao final da reunião do Codefat, o novo presidente classificou de “falta de respeito ao conselho” a decisão das quatro entidades de se retirarem do órgão. Ele negou que tenha tido a simpatia e o apoio explícito do ministro do Trabalho, Carlos Lupi. “Não houve nenhuma interferência do ministro nesse processo”, disse.

O empresário relatou que também não havia nenhum acordo prévio entre os representantes dos empresários no conselho para apoiar a indicação da CNA. Segundo ele, o que houve foi um jantar, há alguns dias, no qual a CNA apresentou sua pretensão de candidatura, mas nada ficou acordado. Ele também não soube explicar como ficará, a partir de agora, a representação dos empresários no Codefat, já que, com a retirada das quatro entidades, a bancada terá apenas dois representantes, além da CNS, a Confederação Nacional do Turismo.