O mercado de eventos é um dos segmentos de maior crescimento em Curitiba, nos últimos anos. Com ele, toda a cadeia logística para a realização dos mesmos também cresce. Dos fornecedores diretos tais como espaços para eventos, buffets e hotéis, aos indiretos como transporte – carros, vans e ônibus -, locação de equipamento de sonorização, projeção e vídeo conferência, empresas de tradução simultânea, indústria gráfica para papelaria, banners e outdoors, empresas de brindes, pastas e bolsas todos registram saltos de desempenho mês a mês.

Não é à toa que a ampliação destes serviços é constatada. Em 2008, os números do Curitiba Convention & Visitors Bureau (CCVB), entidade que estimula o turismo de negócios e eventos na cidade, registrou a captação de 15 eventos nacionais e internacionais e apoiou outros 69 eventos na capital, entre simpósios, feiras, congressos e seminários.

Hoje, Curitiba ocupa o terceiro lugar no País entre as cidades mais visitadas por turistas de negócios, ficando atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro, segundo estudo da Embratur sobre a Demanda Turística Internacional de 2007.

Eventos sociais e corporativos também têm registrado um aumento significativo nos últimos anos. O Graciosa Country Club, por exemplo, tradicional clube de Curitiba, realizou 90 eventos entre particulares para sócios e coorporativos.

Outra prova do incremento do setor é a recente ampliação do Recanto Bom Conselho, espaço projetado para eventos em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Localizado na zona rural, o grande diferencial do Recanto Bom Conselho está em sua estrutura para eventos totalmente integrada à natureza. O espaço foi inaugurado há pouco mais de um ano, com o objetivo de atender a eventos corporativos e a demanda para eventos sociais acabou resultando na construção de um segundo salão.

De acordo com a proprietária, Maria Júlia Trevizan, o espaço é muito utilizado para eventos corporativos, mas as pessoas que chegam ao local se interessam pelo espaço para eventos sociais. “Percebemos que hoje o cliente quer que o seu evento seja único, fuja do convencional”, conta. O que, segundo ela, acaba sendo o principal diferencial dos espaços integrados à natureza.

Na área corporativa, o conceito day use é muito difundido. As empresas realizam seus eventos ou treinamentos em locais reservados e a curta distância da cidade. “Com isso, é possível se desfrutar de um dia longe do estresse da empresa, sem ter de viajar e arcar com todos os custos financeiros e de logística que implicam nisso”, explica.