O Ministério de Minas e Energia (MME) marcou para 29 de janeiro do próximo ano Leilão A-5 para compra de energia elétrica de novos empreendimentos de geração. A decisão está publicada em portaria no Diário Oficial da União (DOU). O leilão será promovido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e o início do suprimento de energia elétrica a partir dos contratos do leilão ocorrerá em 1º de janeiro de 2021.

Pelo leilão, serão negociados contratos na modalidade por quantidade de energia elétrica, com prazo de suprimento de 30 anos, para hidrelétricas; na modalidade por disponibilidade, com prazo de suprimento de 25 anos, diferenciados por fonte, para empreendimentos de geração a partir de termelétricas a biomassa e a carvão; na modalidade por disponibilidade, com prazo de suprimento de 20 anos, para empreendimentos de geração a partir de termelétricas a gás natural em ciclo combinado; e na modalidade por disponibilidade, com prazo de suprimento de 20 anos, para empreendimentos de geração a partir de fonte eólica. Os interessados em participar do leilão deverão enviar projetos à Empresa de Pesquisa Energética (EPE) até 9 de outubro deste ano.