O ministro do Interior da Alemanha, Hans-Peter Friedrich, defendeu que a Grécia deixe a zona do euro, em uma entrevista à revista Der Spiegel que será publicada na segunda-feira. Essa foi a primeira vez que um ministro alemão fala sobre tal ação. “As chances da Grécia de se regenerar e se tornar mais competitiva são com certeza maiores fora da união monetária do que se o país permanecer na zona do euro”, disse.

“Não estou dizendo que a Grécia deve ser expulsa, mas que sejam criados incentivos que ela não pode recusar”, completou Friedrich. A revista divulgou um resumo da entrevista neste sábado. O Parlamento alemão deverá votar na segunda-feira sobre um pacote de resgate à Grécia de 130 bilhões de euros. As informações são da Dow Jones.