O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäeuble, pediu nesta quinta-feira para que as principais economias do mundo apoiem o livre comércio em vez de colocar mais barreiras, o que prejudicaria as perspectivas de crescimento.

“Precisamos de um crescimento sustentável para a inclusão. Se você olhar para os problemas globais, precisamos urgentemente de crescimento”, disse ele no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça.

“Por isso, uma das condições é manter o livre comércio e não limitar e nem colocá-lo em perigo. Essa é a direção errada. Se você deseja obter um crescimento mais inclusivo, é necessário de mais livre comércio”, disse o ministro.

Os comentários vão na contramão do presidente eleito dos EUA, Donald Trump, que tem reafirmado sua mensagem de “America First”, o que tem gerado dúvidas sobre a direção que os EUA vai assumir em relação à regulação financeira, política comercial e econômica.

Trump disse em retirar algum peso da regulamentação sobre os bancos, retirar acordos comerciais multilaterais, e impor tarifas de importação sobre os fabricantes de automóveis que produzem carros no México e vendem nos EUA. Fonte: Dow Jones Newswires.