O vice-chanceler e ministro da Economia da Alemanha, Sigmar Gabriel, disse que o processo de tentar encontrar um acordo com a Grécia está começando a ficar “ridículo”.

Em artigo que será publicado no jornal diário alemão Bild nesta segunda-feira, Gabriel disse que está perdendo a paciência com a Grécia e com seu “governo comunista”.

“Mais e mais pessoas se sentem enganadas” pelo governo da Grécia nas “aparentes” últimas tentativas “para chegar a um acordo”, disse ele no artigo.

Gabriel, do partido social-democrata de esquerda, advertiu que o governo da Grécia está jogando com o futuro do país e com a Europa por não aceitar um acordo com seus credores.

A Alemanha e a Europa não vão permitir que a Grécia faça chantagem, disse o ministro, acrescentando que os trabalhadores alemães e suas famílias não precisam pagar os custos de promessas “exageradas” da campanha do governo grego.

Gabriel disse no início deste mês que as consequências de uma insolvência grega seriam gigantescas e pediu a Atenas para estar disposta a fazer concessões. Fonte: Dow Jones Newswires.