As fabricantes de veículos instaladas no Brasil abriram 1,6 mil novos postos de trabalho no País em julho, totalizando 114,457 mil empregos no setor, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (6) pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

De acordo com o presidente da entidade, o número deverá continuar crescendo nos próximos meses, já que muitas das vagas anunciadas ainda estão em processo de contratação. "Podemos ver um número ainda maior de contratações em agosto", disse.

O executivo reiterou que as vendas do setor para o mercado interno neste ano deverão subir 22%, em relação ao ano anterior, para 2,350 milhões de unidades. Além das vendas de automóveis, o presidente da Anfavea destacou o crescimento do segmento de caminhões, que registrou alta de 37,6% em julho de 2007, ante julho de 2006, para 8.735 unidades.

Máquinas agrícolas

O crescimento das vendas de máquinas agrícolas também foi destaque entre os números divulgados hoje pela Anfavea. Foram 3 5 mil unidades vendidas em julho, com expansão de 61,8%. De acordo com o vice-presidente da entidade, Milton Rego, o incremento é resultado da recuperação do setor agrícola na região Sul do País, que em 2005 e 2006 sofreu por conta da seca. O executivo ressaltou ainda que a região Sudeste também tem sido importante para o desempenho do setor.

Outro destaque das estatísticas da Anfavea foram as vendas de veículos flex. Essa categoria respondeu por 88% das vendas totais de automóveis para o mercado interno em julho, o que demonstra que ainda há espaço para crescimento da categoria. Nos últimos meses, a participação desse tipo de veículo foi de algo perto de 84%.