Na palestra proferida no fim da tarde de hoje, no Fórum Internacional de Governo Eletrônico, que está sendo em Brasília, o diretor executivo da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, Cid Torquato, enfatizou que as ações do governo eletrônico incrementam o comércio que funciona também desta forma. Segundo ele, o governo federal é um “indutor de processos” que cria possibilidades na digitalização de procedimentos de comunicação e ainda, uma infra-estrutura que permite os governos em seus três níveis, federal, estaduais e municipais, se comuniquem com mais agilidade, e de resto toda a sociedade.

Cid Torquato informou que de acordo com estimativas feitas pela câmara que dirige o comércio eletrônico deve movimentar este ano cerca de US$ 13 bilhões. Disse ainda que a expectativa é que o governo eletrônico com os investimentos públicos e privados seja capaz de gerar nesta década toda US$ 100 bilhões de investimentos.