Em tempos de pouca grana, o jeito é dar apenas uma lembrancinha no Dia dos Pais. Presente útil e de baixo custo, meias e cuecas prometem fazer sucesso nesta que é a melhor época do ano para o setor, segundo fabricantes e lojistas. Esquecidos durante temporadas mais tranqüilas de dinheiro, presentes de pequeno valor renascem agora, quando a crise aperta.

“São presentes de menor valor. Quanto mais arrochada a economia estiver, melhor será as vendas (no Dia dos Pais)”, afirma o presidente da fábrica de meias Selene, Gregório de Nadai Filho.

Opções de preços e modelos é o que não faltam no mercado. As cuecas clássicas de algodão (slip) lideram a preferência dos homens, segundo os fabricantes e vendedores de moda íntima masculina. Um modelo também bastante procurado é o boxer, colado ao corpo até o meio da coxa. Para os mais arrojado, uma samba canção.

A variedade das meias ficam por conta do material usado. A escolha na hora da compra depende mais do estilo de cada pai. Para os que usam mais sapatos, a melhor opção é uma meia de estilo social. Já os pais que preferem tênis, devem ganhar meias mais grossas.

Comprar um kit de três cuecas ou meias pode ser mais econômico que comprar peças em separado. Além disso, muitas lojas já estão fazendo promoções para atrair os consumidores.

Fábrica aumenta produção

Para os fabricantes, o aumento de vendas ocorre entre o final de julho e começo de agosto, época em que os lojista se abastecem. “Para o setor é a melhor época do ano, com um aumento de até 80% nas vendas”, afirma Valquírio Cabral, diretor comercial da Lupo.