O crescimento de 9,9% nas vendas do comércio varejista em novembro de 2007 ante igual mês de 2006 representou a maior variação apurada pelo IBGE para o mês desde o início da série histórica, em novembro de 2001.

O destaque de crescimento no mês ante igual mês do ano anterior, em magnitude de variação, ficou com equipamentos de informática (36,4%), mas a maior contribuição para a taxa foi dada pelo grupo hiper e supermercados (6,4%), que tem maior peso na pesquisa e contribuiu, sozinho, com 3,2 ponto porcentual do crescimento de novembro do ano passado.