O novo presidente da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), Maurício Saito, se comprometeu a voltar esforços para que reformas estruturais urgentes – tributárias, logísticas e de políticas agrícolas – ocorram de modo que ajudem no crescimento do setor.

Conforme nota, em cerimônia de posse realizada neste sábado, 15, na sede da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul), Saito disse que a Aprosoja/MS manterá o diálogo constante com a Fundação Chapadão, a Fundação MS e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), trabalhando como interlocutora entre essas entidades de pesquisa e os governos federal e estadual.

“Nosso objetivo é que o setor seja prontamente atendido em suas demandas. As ações da Aprosoja/MS estão voltadas para a excelência na pesquisa e na difusão de tecnologia aos produtores rurais do Estado”, afirmou Saito. Participaram do evento o governador do Estado, André Puccinelli (PMDB), o presidente da Famasul, Eduardo Riedel, os senadores da república Delcídio do Amaral e Waldemir Moka, o deputado federal Reinaldo Azambuja, o deputado estadual José Teixeira e o secretário adjunto da Seprotur, Paulo Engel.

Veterinário e agricultor desde 1996, Maurício Koji Saito foi presidente do Sindicato Rural do município de Itaporã por dois mandatos, atuou como presidente da Cooperativa Agrícola Mista Serra de Maracaju (Coopsema), como vice-presidente da Famasul na região de Dourados e atualmente é conselheiro fiscal da Fundação MS.