Durante a cerimônia de inauguração da segunda pista do Aeroporto Internacional de Brasília, o presidente da Infraero, Carlos Wilson, anunciou o início da construção de um segundo terminal de passageiros em 2006, como a quinta e última etapa do projeto. Com isso, o aeroporto ampliará sua capacidade para 16 milhões de passageiros por ano. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que compareceu à inauguração, disse em seu discurso que, com a ampliação, o aeroporto de Brasília terá condições de se tornar um grande operador de vôos internacionais.

?Nós precisamos dividir os vôos brasileiros. É preciso ter vários centros de partida e de chegada para o exterior?, disse Carlos Wilson.

Esta é a quarta etapa de ampliação do aeroporto de Brasília. As obras anteriores permitiram a ampliação da capacidade para passageiros, da área para lojas e a construção de quatro salas de cinema. Atualmente, o aeroporto de Brasília é o terceiro mais movimentado do país, com 7,4 milhões de passageiros por ano. Com 3,3 mil metros de comprimento, a nova pista vai permitir a operação simultânea de aviões, o que deve ampliar de 364 mil para cerca de 550 mil o número de pousos e decolagens anuais, de acordo com a Infraero.