O número de registros de carros novos na União Europeia subiu em julho, impulsionado pela forte demanda nos países periféricos, no sinal mais recente de que as vendas de veículos na região podem estar se estabilizando.

No mês passado, os registros totalizaram 981.300 carros, alta de 4,9% ante julho do ano passado. Este é o primeiro aumento desde abril e o segundo avanço anual visto este ano, segundo a Associação Alemã da Indústria Automotiva, ou VDA.

Entre janeiro e julho, no entanto, os registros tiveram queda de 5,2% ante igual período de 2012. Embora faça parte da UE, Malta não foi incluída nos dados.

O presidente da VDA, Matthias Wissmann, elogiou o resultado de julho, descrevendo-o como “um bom começo para a estabilização do negócio automotivo, que esperamos que continue no segundo semestre do ano”.

Os registros em julho foram particularmente fortes na Irlanda, onde mais que dobraram ante um ano antes, em Portugal (+17%), na Espanha (+15%) e na Grécia (+12%). Na França, houve acréscimo de 1%, o primeiro desde outubro de 2011. Fonte: Dow Jones Newswires.