A euforia de investimentos em etanol no Brasil pode trazer um excedente de 6 bilhões de litros do combustível na safra 2012/2013, se todos os 86 projetos de novas usinas e a ampliação de parte das existentes forem concretizados, com investimentos previstos de US$ 17 bilhões.

A estimativa é da União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica), principal entidade do setor sucroalcooleiro. O volume excedente de álcool nas destilarias, se concretizadas as previsões, será 60 vezes maior que o estoque de passagem da safra 2006/2007 para a atual, de 100 milhões de litros.

Se previsões da Unica para daqui a cinco safras apontam para uma crescente mudança no cenário de destino da cana-de-açúcar enviada ao processamento. Enquanto na safra passada o mix ficou praticamente igual para a produção de açúcar e álcool, em 2012/2013 a produção de álcool deverá consumir 61,88% da cana moída e a de açúcar, 38,12%.