O fluxo de dólares para o País permanece negativo em junho, segundo dados divulgados hoje pelo Banco Central (BC). Até o dia 25, o fluxo cambial está negativo em US$ 4,644 bilhões. No período, o fluxo financeiro registra saída de US$ 3,127 bilhões, enquanto o fluxo comercial apresenta saída de US$ 1,517 bilhão.

Os dados mostram que, no fluxo financeiro, as compras de dólares somam US$ 20,119 bilhões em junho, até o dia 25. Por outro lado, as vendas estão maiores e totalizam US$ 23,246 bilhões. No fluxo comercial, as exportações somam US$ 11,287 bilhões e as importações, US$ 12,804 bilhões.

Em maio, o fluxo cambial fechou positivo em US$ 2,605 bilhões. No ano, até o dia 25 de junho, o fluxo cambial permanece positivo e alcança US$ 2,999 bilhões – o fluxo financeiro é positivo em US$ 2,515 bilhões e o comercial é positivo em US$ 484 milhões.

O BC informa ainda que as compras líquidas de dólares no mercado à vista somaram US$ 1,858 bilhão até o dia 25 de junho, contribuindo para o aumento das reservas internacionais brasileiras, que totalizaram no período, até o dia 25, US$ 253,55 bilhões.