O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, disse a jornalistas que as autoridades precisam ter “cautela” ao declarar o fim da crise financeira da zona do euro.

“É prematuro declarar vitória”, afirmou. “A recuperação existe, mas é fraca, modesta e frágil. Existem diversos riscos, desde financeiros até econômicos e geopolíticos, que podem facilmente prejudicá-la.”

Draghi declarou também que não está preocupado com deflação.

nome

“Não vemos deflação, mas quando se tem inflação baixa por um período prolongado, é claro que devemos estar extremamente atentos aos riscos”, afirmou. Segundo ele, a queda na inflação em dezembro foi causada por ajuste técnico e não afetará janeiro.