Garantir que bens e serviços possam circular livremente dentro da União Europeia é a melhor maneira de estimular o crescimento econômico, afirmaram líderes do bloco europeu em um documento que será divulgado ainda neste domingo (1º). As lideranças dos 27 países membros da União Europeia estão participando, neste domingo (2), de uma cúpula em Bruxelas para declarar a determinação do grupo em interromper uma guinada para o nacionalismo econômico. Além disso, discutem meios de ajudar novos membros do bloco do Leste Europeu que estão sofrendo com uma forte perda de capital nas últimas semanas.

Segundo o esboço do comunicado final da cúpula, ao qual a agência Dow Jones teve acesso, os líderes dirão que preservar o mercado único europeu é a chave para seus planos de recuperação econômica. Os líderes irão se comprometer em “colocar novamente a economia real nos trilhos fazendo o máximo uso possível de seu mercado único, que é o motor para a recuperação”.

O documento também irá afirmar que a restauração de fluxos de crédito é crucial se pacotes de estímulo fiscal anunciados por vários países da UE quiseram impulsionar a demanda e ajudar na recuperação econômica. De acordo com o documento, os líderes “reconheceram que desbloquear canais de crédito é crucial para a efetividade dos estímulos fiscais” e os países da UE precisam “garantir, no longo prazo, a sustentabilidade das finanças públicas dentro das determinações do Pacto de Estabilidade e Crescimento”.

Sintonia

O rascunho do documento inclui um pedido para que membros da UE que participarem de um encontro de líderes do G-20 no dia 2 de abril representem os pontos de vista do bloco.

Durante a cúpula, a chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou que a Alemanha e a UE estão prontas para ajudar países em dificuldade. Também neste domingo, Jean-Claude Juncker, presidente do Eurogrupo, que reúne ministros das Finanças da zona do euro, descartou um alívio rápido dos critérios rigorosos impostos a países que querem adotar o euro como moeda. Não acredito que podemos mudar os critérios da noite para o dia”, disse ele.