Lígia Martoni
Lígia Martoni

Em 2007, o Estado teve recorde na produção e exportação de carne de frango.

O ano de 2007 foi de recorde na produção e exportação de carne de frango pelo Paraná. As exportações avançaram 12,3% em volume e 32,75% no faturamento, que atingiu US$ 1,15 bilhão em 2007. O levantamento é do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento com base nas informações do Ministério do Desenvolvimento, da Indústria e Comércio.

O País exportou US$ 4,62 bilhões, correspondentes ao embarque de 2,74 milhões de toneladas de carne de frango. O Paraná participou com cerca de 26% do volume exportado com o envio de 843,6 mil toneladas de carnes para o mercado externo. O Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) considerou o ano de 2007 o melhor da história para a avicultura de corte do Estado.

No Paraná, o Deral constatou valorização no produto exportado. As empresas paranaenses exportadoras de frango receberam ao longo do ano a média de US$ 1.364,76 por tonelada de carne exportada, o que correspondeu a um crescimento de 18,2% sobre o valor das exportações apurado em 2006.

O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Valter Bianchini, informa que o resultado coloca o Paraná e Santa Catarina entre os maiores produtores e exportadores de carne de frango do País. ?As políticas fiscais de incentivo ao setor, a infra-estrutura portuária e o recente convênio de sanidade realizado no Estado contribuíram para atrair investimentos e consolidar os níveis de produção e exportação?, afirmou.

Bianchini citou os investimentos das empresas e cooperativas em novos frigoríficos ou ampliações dos já existentes, consolidando o Estado como o maior produtor de frangos do País. As empresas estão investindo no aumento da produção e se estruturando para serem habilitadas para a exportação.

De acordo com o Deral, a tendência atual do mercado mundial é a valorização das commodities em geral, especialmente as fontes de proteínas como as carnes e o leite, diante do aquecimento da demanda mundial por alimentos.

No ano passado, a produção e o abate de frango cresceu 10%, também acompanhando a produção nacional que evoluiu 10,3%. A produção paranaense passou de 1 bilhão de cabeças produzidas em 2006 para 1,11 bilhão no ano passado. No País, foram produzidas 4,83 bilhões de cabeças.