Um convênio assinado nesta segunda-feira, em Curitiba, pelo Governo do Paraná e a Federação das Associações Comerciais e Industriais e Agropecuárias do Paraná (Faciap) vai garantir uma melhor divulgação das oportunidades de investimentos existentes nos municípios que possuam riqueza mineral. A cooperação se dará com base no projeto Riquezas Minerais, que vem sendo desenvolvido pela Mineropar e que já mapeou jazidas em 18 municípios paranaenses. Mais 16 vão entrar no projeto neste ano.
A Faciap elaborou material de divulgação e vai utilizar todo o sistema de associações comerciais do interior para divulgar o projeto junto aos empresários filiados.

Entre os minerais de maior ocorrência estão reservas de argila, rocha de talhe (basalto, granito, mármore, quartzito e arenito), caulim (utilizado principalmente na fabricação de porcelanas, louça sanitária e até papel), areia industrial, calcário, água mineral, água subterrânea, ametista, ágata e quartzo.

Pelo projeto Riquezas Minerais, que vem sendo executado desde 2001, a Mineropar realiza os serviços técnicos, as prefeituras fornecem as condições para a realização da consultoria e, agora pelo convênio assinado nesta segunda-feira, as Associações Comercial e Industriais, através das suas 277 representações vão liderar as iniciativas para atrair os investidores.