O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovará até o fim de novembro os empréstimos de longo prazo para as concessionárias dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos (Campinas) e Brasília, privatizados em fevereiro de 2012.

No fim de 2012, as três concessionárias garantiram R$ 2,9 bilhões do BNDES em empréstimos-ponte, tipo de financiamento emergencial e de curto prazo, concedido à empresa enquanto o banco de fomento analisa o projeto para fechar a operação de longo prazo. Os aeroportos de Guarulhos e Viracopos, em Campinas, levaram R$ 1,2 bilhão cada. Brasília recebeu R$ 488 milhões.

Segundo o superintendente da Área de Infraestrutura (AIE) do BNDES, Nelson Siffert, não serão necessários aportes adicionais por meio de empréstimos-ponte – os recursos serão suficientes até a aprovação.

“Espero fechar o (empréstimo) de longo prazo até o fim de novembro. Todos os três têm apresentado um bom desempenho, do ponto de vista dos investimentos que têm sido feitos”, disse Siffert. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.