O economista Samuel Pessôa, do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getulio Vargas (FGV), disse na noite desta quarta-feira que não há aumento da taxa básica de juros (Selic) em 2013 que possa trazer a inflação para perto da meta. “Política monetária é jogo para o ano que vem. Este ano, do ponto de vista monetário, inflação é jogo jogado”, afirmou, durante debate no promovido pelo Centro de Políticas Públicas do Insper, em São Paulo.

Pessôa avalia que, se for preciso agir de alguma forma para a inflação cair, a medida é deixar o câmbio valorizar ou fazer mais desonerações, que, segundo ele, têm efeito de curto prazo.

Na opinião do economista, é possível que o BC faça um pequeno ciclo de alta da Selic a partir de maio. Segundo ele, isso “modera um pouco o crescimento e põe a inflação em 6%. Inflação na meta é coisa que ficou para o segundo mandato dela”, disse, referindo-se à presidente Dilma Rousseff e à sua eventual reeleição.