A Petrobras divulgou hoje uma nota ao mercado sobre os investimentos previstos para 2010. De acordo com o comunicado, foram submetidos ao governo federal, dentro do Programa de Dispêndio Global (PDG) e do Orçamento Anual de Investimentos (OAI) para este ano, investimentos de R$ 79,5 bilhões. A nota refere-se à declaração da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, que ontem disse que a companhia iria investir R$ 85 bilhões este ano.

A Petrobras lembra, em nota, que no PDG/OAI para 2010, encaminhado ao governo federal pela estatal, consta o limite orçamentário autorizativo de investimento, que será submetido ao Congresso Nacional. Mas a empresa diz que “é oportuno salientar que o Plano de Negócios da companhia para o período 2010 a 2014 encontra-se em discussão, e tão logo seja aprovado será divulgado amplamente ao mercado”.

Segundo a estatal, o plano submetido ao governo federal prevê que, do total de R$ 79,5 bilhões de investimentos, R$ 35,69 bilhões sejam destinados para o item exploração e produção; R$ 30,75 bilhões para abastecimento e petroquímica; R$ 4,82 bilhões para gás e energia; R$ 5,01 bilhões para internacional; R$ 660 milhões para distribuição; R$ 750 milhões para biocombustível e R$ 1,76 bilhão para corporativo.

Reunião do conselho

A companhia informou ainda que consta no calendário anual a realização da reunião do Conselho de Administração de março no dia 19. Se a data for confirmada, o conselho poderá apreciar os resultados do quarto trimestre e do exercício de 2009. Assim que houver a confirmação, a Petrobras informará ao mercado.