A Petrobras não queria investir todos os US$ 174,4 bilhões previstos em seu Plano de Negócios para o período de 2009 a 2013, mas o presidente da companhia, José Sérgio Gabrielli, foi chamado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que o mandou “gastar cada centavo” como forma de dinamizar a economia do País diante da atual crise internacional. O episódio foi relatado hoje pelo próprio presidente Lula em discurso na inauguração da Fase 2 da Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas, no município de Linhares (ES). Contudo, Lula não citou valores.

“A Petrobras, por cuidado, estava pensando em não fazer todas as obras do PAC”, disse Lula, completando que a empresa pensava em deixar alguns investimentos para anos futuros como 2015 ou 2017. “Chamamos o companheiro (Gabrielli) e dissemos: não tem chororô, meu filho. Não vamos deixar para 2017. Vamos gastar cada centavo que pudermos gastar. Vamos investir para dinamizar a economia brasileira”, relatou o presidente em seu discurso.

“Nesta crise vamos fazer diferente de outras crises.” Lula afirmou ainda que prefere errar pela ousadia de decidir do que errar por omissão. “Não se governa nem uma casa nem um País com medo.”