A Petrobras está reforçando as suas intenções de explorar petróleo em Moçambique, na África. Segundo nota divulgada nesta terça-feira (7) pela estatal, o diretor da área internacional da empresa, Nestor Cerveró, e o gerente executivo de desenvolvimento de negócios, Luis Carlos Moreira da Silva, foram recebidos, semana passada, em Moçambique pelo Presidente da República daquele país, Armando Emílio Guebuza. No mês que vem, Guebuza virá ao Brasil, quando terá encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, para assinar um acordo entre os dois governos na área de energia, diz a nota da Petrobras.

Segundo a empresa, na visita à Moçambique os executivos reiteraram a disposição da Petrobras de trabalhar em conjunto com empresas moçambicanas na prospecção de petróleo e gás no país e na área de biocombustíveis. Os executivos estiveram no Ministério de Energia do país, no Instituto Nacional do Petróleo e na Empresa Nacional de Hidrocarbonetos.

Durante o encontro, foi reafirmada a possível parceria entre a Petrobras e a Petromoc, empresa de Moçambique equivalente à Petrobras Distribuidora, para atuar em biocombustíveis no mercado moçambicano, com possibilidades de também exportar o combustível.

A Petrobras já possui negócios em Moçambique com a Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH), estatal do país, desde outubro do ano passado. Na ocasião, foi assinado um memorando de entendimentos para exploração de petróleo e gás natural e pesquisa e produção de biocombustíveis em território moçambicano. A companhia possui ainda uma parceria com a Petronas, da Malásia, para atuação em um bloco de exploração na foz do rio Zambezi, em Moçambique, diz a nota da Petrobras.