A Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente do Estado do Rio (Feema) emitiu nesta terça-feira (6) licença de instalação para o terminal de processamento de gás natural de Cabiúnas, que será instalado pela Petrobras no município de Quissamã, na região norte do Rio de Janeiro. Serão investidos no local R$ 506 milhões. A obra estará concluída em 2008.

No terminal serão implantadas duas unidades de recuperação de líquidos de gás natural (URL III) e uma unidade de tratamento de gás natural (UTGN II), com capacidade de 10,8 milhões de metros cúbicos por dia. A petroleira também pretende instalar no local uma unidade de processamento de condensado de gás natural (UPCGN II) com capacidade para 1,5 mil metros cúbicos de gás natural por dia.

A obra faz parte do Plano de Antecipação da Produção de Gás (Plangás), que pretende ampliar a produção do energético para 40 milhões de metros cúbicos por dia em 2008 e 55 milhões de metros cúbicos por dia em 2011. Os investimentos no programa somam US$ 19 bilhões, sendo US$ 8 bilhões no próximo ano e US$ 11 bilhões, até 2011.