A economia da Itália cresceu no terceiro trimestre menos do que foi originalmente estimado, tanto em relação aos três meses imediatamente anteriores quanto na comparação anual.

Entre julho e setembro, o Produto Interno Bruto (PIB) italiano avançou 0,4% ante o segundo trimestre e expandiu 1,7% em relação a igual período do ano passado, segundo dados finais do Istat, como é conhecido o instituto de estatísticas do país.

Em relatório preliminar divulgado em meados do mês passado, o Istat havia calculado avanço trimestral de 0,5% e ganho anual de 1,8%.