O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, subiu levemente em agosto, a 53,3, de 53,2 em julho, mas atingiu o maior nível em sete meses, segundo dados preliminares publicados hoje pela Markit Economics.

O resultado do PMI composto surpreendeu analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que previam queda do indicador a 53,0. Além disso, o avanço acima da marca de 50,0 sugere que a atividade do bloco vem se expandindo em ritmo um pouco mais forte este mês.

Apenas o PMI de serviços da zona do euro aumentou para 53,1 em agosto, de 52,9 em julho, tocando o maior patamar em três meses. Também neste caso, os analistas esperavam diminuição do indicador, a 52,7.

O PMI industrial do bloco, por outro lado, caiu para 51,8 na prévia de agosto, de 52,0 em julho. A projeção do mercado era de queda um pouco menor, a 51,9. Com informações da Dow Jones Newswires.