O índice dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços do Japão avançou de 51,5 em maio para 51,8 em junho, segundo a Markit. A mais recente leitura é a máxima em nove meses do indicador.

Leituras acima de 50 apontam para expansão da atividade. A pesquisa mostrou um avanço nas novas encomendas, porém os níveis de emprego recuaram pela primeira vez em três meses, ainda que modestamente. De acordo com a Markit, a pesquisa aponta para mais melhoras nas condições de negócios nas empresas do setor de serviço do Japão. (Gabriel Bueno da Costa)