Foto: Appa

Milho é o destaque do ano.

As exportações de soja, milho e farelo de soja tiveram um crescimento de 16,07% no Porto de Paranaguá, entre os meses de janeiro e agosto de 2007, em comparação com o mesmo período do ano passado. Foram exportadas pelo terminal paranaense 10,63 milhões de toneladas dos três grãos até agosto, enquanto que no mesmo período de 2006 foram 9,16 milhões de toneladas.

No comparativo nacional, o Porto de Paranaguá mantém a liderança nas exportações de grãos. Dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior mostram que o porto paranaense foi responsável por exportar 31,38% dos grãos brasileiros.

Considerando as cargas separadamente, o milho continua sendo o destaque deste ano. Foram exportadas 2,87 milhões de toneladas do produto até agosto, representando um aumento de 25% em relação a 2006. O principal mercado comprador do produto é o Irã, seguido pela Espanha e China.

Já o farelo de soja teve um crescimento de 18% nas exportações, até agosto. Saíram para o mercado estrangeiro pelo Porto de Paranaguá 4,14 milhões de toneladas de farelo de soja, vendidos principalmente para Europa, Irã e China.

Já a soja obteve um crescimento de 8% nas exportações até agosto. Foram 3,6 milhões de toneladas exportadas no período, contra 3,3 milhões em 2006. A China é o comprador líder, seguida pelos países europeus, como a Holanda.

Safra

O Paraná começa o plantio de grãos de verão 2007/08 e a primeira estimativa de safra aponta para a ocupação de 5,83 milhões de hectares de área, e produção de 21,6 milhões de toneladas, segundo levantamento do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento. Esse resultado, se confirmado, representa um aumento de 14% na comparação com a média de produção dos últimos cinco anos.

Essa previsão reforça a expectativa de que a produção total de grãos, entre as safras de verão e inverno, supere os 30 milhões de toneladas, comparando-se à safra recorde obtida em 2002/03, quando foram colhidas 30,2 milhões de toneladas. Na safra 2006/07, a colheita deve ser encerrada com 29,2 milhões de toneladas de grãos.

A cultura que mais avança em área ocupada na safra de verão é o milho, em decorrência do aumento de preços e das exportações do produto. A área de plantio será 3% maior do que a do ano passado.