Os novos preços de combustíveis e gás de cozinha, já com o reajuste desta semana, podem ser pesquisados na página do Procon-PR na internet, no endereço www.pr.gov.br/proconpr,  no link pesquisas. Os valores referem-se a 66 postos de revenda de combustíveis e 24 pontos de revenda do gás de cozinha em Curitiba, com dados relativos aos dias 4 e 5 deste mês, respectivamente.

Para o gás de cozinha, a maior alta de preços, 27,7%, ocorreu na venda em domicílio do botijão de 13 kg. Assim, o menor preço do produto registrado na pesquisa anterior (15/10) de R$18,00 chegou a R$ 23,00, enquanto para o cilindro de 45 kg, também em domicílio, o aumento registrado foi de 16,6%, passando de R$90,00 para R$105,00. Na revenda no local, o menor preço do gás de 13 kg sofreu um acréscimo de 16,6%, de R$18,00 para R$ 21,00 e o de 45 kg de 5,56%, passando de R$90,00 para R$ 95,00.

“O consumidor precisa saber que vale a pena pesquisar, buscar a informação antes de adquirir qualquer produto. Ao verificar o levantamento realizado, encontrará diferenças que chegam a 39,4% nos preços do botijão 45 kg, venda no local, enquanto este índice chega a 32,8% para o gás de 13 kg, também para revenda no local,” explica o coordenador Naim Akel.

Combustíveis

Já o levantamento dos preços de combustíveis mostra um aumento de 9,3% para o litro da gasolina comum, sendo que o menor preço registrado na pesquisa de 30/10, R$1,580 subiu para R$ 1,728, enquanto no litro do álcool o reajuste foi 15,9%, de R$0,879 para R$1,019.

A variação nos preços na pesquisa atual entre os estabelecimentos chega a 32,4% no álcool e 20,7% na gasolina comum. “Além da variação nos preços, o consumidor também deve ficar atento a alterações diárias que podem ocorrer nos valores de comercialização,” afirma Akel, recomendando ainda que consumidor reduza o consumo do produto.