O Procon-PR realizará, entre os dias 15 e 31 de maio de 2015, um mutirão online de renegociação de dívidas. A ação, que está sendo realizada de forma inédita, acontecerá exclusivamente pela internet, através da plataforma de solução de conflitos consumidor.gov.br.

De acordo com a diretora do Procon-PR, Claudia Silvano, a iniciativa de fazer a ação através da plataforma consumidor.gov.br busca atender todos os consumidores do Estado, especialmente aqueles que residem em municípios onde não existem Procons.

Além disso, ela relata que muitos consumidores que estão em débito deixam de procurar o Procon ou até mesmo seu banco por se sentirem constrangidos com a situação.

“Por isso, acreditamos que esse mutirão pela internet vai incentivar as pessoas a negociar suas dívidas e sair dessa situação que causa diversos transtornos na vida de qualquer cidadão, muitas vezes motivada por fatores como uma doença na família ou desemprego”, avalia.

Atualmente, o percentual de famílias paranaenses endividadas alcançou 87% no mês de abril deste ano, de acordo com levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens Serviços e Turismo (CNC) e Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR).

Entre as famílias com contas atrasadas, estão 25% do total de endividados, sendo que em 55,2% dos casos o atraso já ultrapassa 90 dias e por isso são considerados inadimplentes e têm seu nome incluso nos sistemas de proteção ao crédito. O tempo médio de comprometimento com as dívidas é 7,5 meses.

Para participar do mutirão online, basta o consumidor fazer o seu registro na plataforma www.consumidor.gov.br, quando receberá um login e senha. Nesse momento, o consumidor fará o relato do seu problema, devendo informar que deseja participar do mutirão de renegociação de débitos.

Após finalizar o registro, o banco ou instituição financeira tem o prazo de 10 dias para apresentar uma proposta ou resposta para o consumidor. No momento do preenchimento do registro, é imprescindível que o consumidor informe corretamente seus telefones e e-mail para contato, pois esses dados facilitarão o atendimento por parte dos bancos e instituições financeiras participantes.

Terminado o prazo para resposta do fornecedor, o consumidor tem o prazo de 20 dias para avaliar o retorno dado. Participarão do mutirão, mais de 45 empresas entre bancos/instituições financeiras.