Faltando apenas dez dias para o Dia dos Pais, tem muita gente em dúvida sobre o que comprar de presente ainda. Sempre útil e cada vez mais presente na vida do brasileiro, o telefone celular acaba sendo uma boa opção, mas escolher o melhor modelo nem sempre é tarefa fácil – a oferta é vasta e as diferenças entre modelos da mesma faixa de preço muitas vezes são quase imperceptíveis. Por isso, a reportagem selecionou cinco opções recomendadas de aparelhos que custam até R$ 800. Os preços listados são os mais baixos encontrados no comparador de preços Zoom no dia 2 de agosto.

LG K10 Novo (R$ 629)

Um dos mais recentes desta lista, o K10 Novo, por outro lado, é um aparelho bem convencional. Seu destaque é a câmera frontal, com uma lente grande angular que permite enquadrar mais gente nas selfies. Fora isso, ele apresenta configurações intermediárias e um acabamento pouco inspirado. O lado bom é que toda essa falta de inspiração se reflete no preço, que já caiu bastante desde que ele foi lançado.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Lenovo Vibe K6 (R$ 657)

Por um breve período, a Lenovo, que detém a marca Motorola, resolveu usar o seu nome em celulares vendidos no Brasil. O Vibe K6 é um remanescente dessa fase. Como foi lançado no final de 2016, ele teve uma considerável desvalorização, tornando-se uma opção atraente para quem procura um celular intermediário e competente. Seus destaques são o acabamento, em alumínio; o sensor de impressões digitais; e a tela, que tem “apenas” 5 polegadas e resolução Full HD.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Asus Zenfone 3 Max (R$ 676)

O “Max” do nome faz referência à bateria: a capacidade de 4100 mAh, acima da média, combinada com suas especificações simples dão a este aparelho uma grande autonomia. O Zenfone 3 Max tem tela de 5,2 polegadas, 2 GB de RAM e 16 GB de espaço interno – nada que salte aos olhos, mas longe de fazer feio para quem só espera que o celular funcione bem para WhatsApp e Facebook. Ele ainda conta com algumas características avançadas para a sua faixa de preço, como sensor de impressões digitais.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Galaxy J7 Metal (R$ 689)

É difícil acompanhar a linha de produtos da Samsung. Além de frenética, muitos aparelhos compartilham nomes similares. Só de “Galaxy J7” existem três variações: a normal, a Metal e a Prime. O Galaxy J7 Metal é a intermediária. Tem tela grande, de 5,5 polegadas, e memórias similares às do Zenfone 3 Max – ou seja, 2 GB de RAM e 16 de espaço interno para guardar o sistema, apps e arquivos do usuário. Como entrega em seu nome, o acabamento, de metal, é um extra interessante que concede requinte a este aparelho de baixo custo.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Moto G5 (R$ 779)

Há anos o queridinho do brasileiro, o Moto G5 é quase um retorno às origens, um tempo em que ele tinha um custo-benefício imbatível. Na quarta geração, o aparelho subiu o nível em todos os sentidos — inclusive o preço. Na atual, voltou a ter um preço altamente competitivo aliado a configurações e características de ponta. A novidade é o acabamento em metal, deixando de lado, enfim, o plástico adotado até ano passado.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação