A produção brasileira de aço bruto em abril cresceu 4,4% em relação ao mesmo período do ano passado, para 2,912 milhões de toneladas, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira, 15, pelo Instituto Aço Brasil (IABr).

A produção de laminados recuou 2,7% na mesma comparação, para 2,15 milhões de toneladas. A de planos, por sua vez, subiu 0,9% em abril na relação anual, para 1,284 milhão de toneladas.

O volume produzido de aço longo despencou 7,6% em abril ante abril de 2014, para 865,6 mil toneladas.

De janeiro a abril o volume produzido de aço bruto ficou em 11,332 milhões de toneladas, alta de 1,6% na relação anual. O volume de laminados subiu 2,5% nos quatro primeiros meses do ano; planos subiu 11,7% e a de longos, na contramão, caiu 9,2%.

O consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos em abril foi de 2 milhões de toneladas, totalizando 8,1 milhões de toneladas no período de janeiro a abril de 2015, queda de 8,5% e 4,2%, respectivamente, em relação aos mesmos períodos do ano anterior.

Importação

A importação de aço somou 436 mil toneladas em abril, aumento de 45,8% em relação ao observado em março. Em relação ao mesmo intervalo do ano passado a alta foi de 19,4%.