A produção de alimentos orgânicos no Brasil tem registrado crescimento médio de 50% ao ano. Estima-se que no ano passado cerca de 3 mil agricultores orgânicos produziram perto de 300 mil toneladas de alimentos, livres de agrotóxicos, movimentando US$ 200 milhões. O vice-presidente-executivo do Instituto Biodinâmico (IBD), Alexandre Harkaly, disse hoje (11), durante encontro com produtores, em São Paulo, que esse vertiginoso aumento da produção tem se sustentado na qualidade dos produtos e no trabalho de confiança entre produtores e consumidores.

Pelo menos 30 tipos de alimentos orgânicos são produzidos no País, com destaque para café (Minas), cacau (Bahia), soja, açúcar e erva-mate (Paraná), suco de laranja e frutas secas (São Paulo), castanha de caju, óleo de dendê e frutas tropicais (Nordeste), entre outros.