O crescimento da produção industrial da China deu um salto em agosto, e a expansão dos investimentos em ativos fixos nas áreas urbanas permaneceu robusta no período janeiro-agosto, de acordo com os dados divulgados pelo governo chinês nesta sexta-feira.

A produção industrial de valor agregado aumentou 12,3% no mês passado, comparada a agosto de 2008. O resultado ficou acima da média das estimativas de 15 economistas consultados pela Dow Jones, que apontava crescimento de 12%. A taxa também foi mais alta do que os 10,8% de julho e marcou o quarto mês consecutivo de aceleração.

O investimento em ativos fixos urbanos entre janeiro e agosto aumentou 33% em relação ao mesmo período do ano passado, em linha com os 32,9% apurados em julho, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas. A média das estimativas era de um crescimento de 32,5%.

As vendas no varejo da China – um termômetro impreciso, porque inclui compras do governo – aumentaram 15,4% em agosto sobre as do mesmo mês do ano passado, acelerando-se um pouco em relação à taxa de 15,2% verificada em julho. As informações são da Dow Jones.