A produção industrial da Itália inesperadamente subiu 0,8% em janeiro, na comparação com dezembro, afirmou o instituto nacional de estatísticas, o Istat, acrescentando que o resultado foi devido a uma reformulação do índice usado para calcular a produção na terceira maior economia da zona do euro. Em relação a janeiro do ano passado houve queda de 3,6%.

Os resultados foram melhores do que as previsões dos economistas consultados pela Dow Jones, que esperavam declínio mensal de 0,2% e anual de 5,8%. Os setores de alimentos e vestuário tiveram o maior crescimento anual na produção, enquanto os setores de veículos e derivados de petróleo tiveram a maior queda. A produção de veículos caiu 9,4% em janeiro ante dezembro, enquanto a de vestuário, que inclui calçados, subiu 5,1%.

Medida pelo novo índice, a produção industrial da Itália diminuiu 0,2% em dezembro ante novembro, em vez de ter aumentado 0,4% como informado anteriormente. Em relação a dezembro de 2011 houve queda de 7,4%, em vez do declínio de 6,8%. As informações são da Dow Jones.