A produção industrial do México caiu 2,4% em junho em relação ao mesmo mês do ano passado, devido aos resultados ruins dos setores de mineração e construção, disse o Instituto Nacional de Estatísticas do país, o Inegi. A fraca demanda pelas exportações mexicanas também contribuiu para a desaceleração industrial.

A queda surpreendeu, uma vez que a previsão média de oito economistas consultados pela Dow Jones era de aumento de 0,2% na produção industrial mexicana. O resultado acumulado nos primeiros seis meses do ano mostra recuo de 0,5% na produção.

Em relação a maio, a produção industrial em junho ficou praticamente inalterada, com leve queda de 0,03%. Fonte: Dow Jones Newswires.