A produção industrial nos Estados Unidos cresceu 0,8% em abril, segundo o Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano), em linha com as previsões dos analistas. O dado de março foi revisado para mostrar aumento de 0,2%, em vez de 0,1%. A produção de bens duráveis, como móveis e aparelhos domésticos, levou a produção do setor de manufatura a subir 1,0%. O dado sobre manufatura de março foi revisado para alta de 1,0%, em vez de 0,9% informado anteriormente. A produção de maquinário cresceu 2,6%, mesmo aumento visto na produção de móveis e aparelhos domésticos.

Em abril, a produção de aparelhos eletrônicos diminuiu 0,2%, enquanto a de carros e autopeças caiu 2,2%. Excluindo o segmento automotivo, a produção nas outras indústrias aumentou 0,9%. A utilização da capacidade instalada subiu para 73,7% em abril, de 73,1% em março, segundo números revisados. Economistas esperavam aumento para 73,8%. A média do uso da capacidade instalada entre 1972 e 2009 é de 80,6%. As informações são da Dow Jones.