A rede de supermercados Walmart não esperou 2016 chegar para encerrar as atividades de algumas unidades no Paraná. Em Curitiba, ao menos quatro lojas do Mercadorama funcionarão somente até as 17 horas desta quarta-feira (30) e depois serão fechadas. O mesmo deve acontecer com outras quatro unidades no interior do estado, o que inclui pontos de venda da bandeira Big.

Leia mais:
Consumidores enfrentam horas de fila na liquidação do Mercadorama

A empresa não confirma o total de lojas que serão fechadas, mas informou através de uma nota oficial que pontos de venda com baixo desempenho encerrarão as atividades no estado.

A reportagem apurou que, na capital paranaense, as unidades do Mercadorama do Centro Cívico, Seminário, Tarumã e Tiradentes estão entre as que fecham nesta quarta-feira (30). Segundo jornais do interior, o Mercadorama de Umuarama, no Noroeste do estado, o Big de Toledo, na região Oeste, o Big de Ponta Grossa e o Big de Maringá, no Norte Central, devem fechar as portas em breve.

Os funcionários foram avisados na segunda-feira (28) pelas gerências de cada unidade. A grande maioria foi pega de surpresa e manifestaram preocupação com o futuro, pois nem todos serão realocados.

Uma funcionária do Mercadorama do Tarumã, em Curitiba, que não quis ser identificada, informou que as gerências estão fechando acordos com as pessoas que preferem ser desligadas da empresa. É o caso dela, que justifica a decisão: “depois vamos ser mandados embora mesmo”.

Funcionários informaram também que aqueles que preferiram continuar na rede serão alocados para outras unidades ou continuarão trabalhando nas lojas em que já estão para ajudar no encaixotamento e redistribuição dos produtos.

Nas lojas que encerram as atividades nesta quarta-feira, havia promoções de frios e de alimentos perecíveis e o movimento de clientes era alto. Os produtos com prazo maior de validade serão redistribuídos ao longo de janeiro e fevereiro para os pontos de venda que permanecerão abertos.

Segundo a nota do Walmart, a rede está fazendo o possível para “transferir funcionários dessas unidades para outras lojas e, quando não for possível, oferecemos apoio para recolocação profissional”.

O Sindicato dos Trabalhadores em Mercados de Curitiba e Região (Siemerc) ainda não foi informado oficialmente sobre o fechamento. Assim que isso ocorrer, segundo o presidente, Jorge Leal, a entidade irá acompanhar o caso para garantir que os direitos dos trabalhadores sejam assegurados.

Leal, porém, confirma que grande parte das 7 mil pessoas que trabalham na capital e região deve ser demitidas. Com relação aos remanejados, a preocupação do sindicato é com as transferências para cargos inferiores, o que pode resultar em redução salarial.

Nas lojas de Curitiba do Mercadorama, a segurança foi reforçada na parte externa para evitar quaisquer transtornos.

Confira a lista de unidades que devem fechar nesta quarta-feira, a partir das 17 horas

  • Mercadorama Centro Cívico – Rua Mateus Lemes, 1844, Curitiba
  • Mercadorama Seminário – Avenida Nossa Senhora Aparecida, 582, Curitiba
  • Mercadorama Tarumã – Avenida Victor Ferreira do Amaral, 816, Curitiba
  • Mercadorama Tiradentes – Praça Tiradentes, Centro, 321, Curitib
  • Mercadorama Umuarama – Avenida Londrina, 3464, Umuarama
  • Big Toledo – Avenida Maripá, Vila Brasil, Toledo
  • Big Ponta Grossa – Avenida General Carlos Cavalcanti, 22, Ponta Grossa
  • Big Catuai – Avenida Colombo, 9161, Maringá