Rio

– O real foi a moeda com a maior valorização em abril, 16%, ficando bem à frente da segunda colocada no ranking mundial, a lira turca, que apresentou 10,5% de valorização frente ao dólar, demonstra relatório da GlobalInvest. Além disso, o real também lidera o ranking da variação anual, com alta de 22,3% frente ao dólar. O principal motivo, segundo análise da consultoria, continua sendo o enorme volume de captações externas.

Em abril, o governo federal captou US$ 1 bilhão no mercado externo. O Bradesco fez três captações, no valor total de US$ 432 milhões. Outras grandes empresas fizeram emissões, como o grupo Votorantim, Unibanco, Itaú-BBA e Banco do Brasil, entre outros.